Afiliados



5 Motivos para Assistir "Weightlifting Fairy Kim Bok Joo"

14 de novembro de 2017


Olá pessoal, tudo bom? Weightlifting Fairy Kim Bok Joo é um drama sul-coreano de 2016/2017 que conquistou corações ao redor do mundo. Por se tratar de uma história sobre jovens atletas, mostra a rotina real destes, sem esconder a dura realidade e seus sofrimentos - sendo físicos ou psicológicos. Eu adorei, pois além de retratar temas importantes, é um romance fofo e divertido, portanto ótimo para distrair e se divertir durante algumas horas. Com apenas 16 episódios, consegue fechar a história e trazer um final feliz, apesar de, algumas vezes, deixar de lado alguns personagens. Na postagem de hoje lhe darei 5 motivos para assistir Weightlifting Fairy Kim Bok Joo, se você ainda não conhece. Senta que lá vem textão!

Episódios: 16. Emissora: MBC. Ano: 2016-2017.

Sinopse: "Kim Bok Joo (Lee Sung Kyung) é uma estudante na Faculdade Hanwool de Educação Física. Ela mostrou força como nenhuma outra desde que ela era uma criança influenciada por seu pai, ex-levantador de peso. Ela parece irrefletida à primeira vista, mas por dentro ela é tão frágil quanto o vidro e tem profundo reconhecimento disso. Jung Joon Hyung (Nam Joo Hyuk) é o melhor amigo de Kim Bok Joo. Ele é um nadador nato, mas desde que foi desqualificado de seu primeiro evento internacional, ele sofre de um trauma. Junto com Kim Bok Joo, ele supera seus problemas e encontra seus sonhos e amor."

1. Enredo sobre esportes

O enredo desse drama asiático é sobre esportes universitários. Então, os personagens são atletas de várias modalidades: natação, levantamento de peso, ginástica, etc. Apesar de já ter assistido dramas em que os personagens praticam algum esporte, é a primeira vez que vejo um em que o foco principal é esse.


Saber o que você quer fazer para o resto de sua vida aos 20 anos é uma decisão importante e difícil. Logo, pode trazer dúvidas e afetar as pessoas psicologicamente. Mas escolher um esporte é ainda mais complicado, já que sua vida será voltada para isso e seu árduo trabalho.


A série é inteiramente focada nisso, todavia não romantiza. Consegue nos mostrar as adversidades, a dedicação, a pressão, os erros, as divergências entre os competidores e o companheirismo da equipe. Não é fácil, mas, para muitos, esses esforços valem a pena. O que o roteiro faz é trazer a realidade para os telespectadores e que, se o indivíduo for devotado, consegue alcançar seus objetivos.


2. Transtorno alimentar, depressão, ansiedade e outros traumas

Todos nós sabemos que vivemos uma época em que (FINALMENTE!) estamos prontos para debater sobre os transtornos psicológicos. Se quando temos um problema físico, consultamos um médico, por que quando temos um problema psicológico não vemos um especialista no assunto?

Na Coreia do Sul não é diferente, porém o tema ainda é um tabu. Eles não veem com bons olhos o assunto e, por isso (junto com outras problemáticas), o país tem uma das maiores taxas de suicídio do mundo. Entretanto, esse drama trata sobre o assunto espetacularmente.

A trama, como vimos, envolve atletas e, assim, eles sofrem pressões diariamente: dos concorrentes, da família, dos amigos, dos treinadores e até do público. Você tem que mostrar que é o melhor e ganhar as competições. Além disso, tratando de dois dos esportes citados (ginástica e halterofilismo), o peso é muito importante. Então, esses transtornos são comuns entre os personagens e é retratado como a realidade.

Ter medo de competir por achar que não ganhará; não alcançar o peso desejado ou não conseguir o resultado estipulado; conseguir treinar, mas não conseguir disputar; ter grandes pressões para ser o melhor, mas acabar querendo desistir de tudo... São muitas questões reproduzidas na série sobre as crises existenciais.

Em nenhum momento isso é descrito como algo banal ou um defeito de sua personalidade. Os personagens são estimulados a conversar sobre o assunto e procurar ajuda médica. Ademais, nunca deixam de debater sobre aquilo que os fazem feliz e os motivos reais de estarem ali, naquele ambiente tão opressor. Será que eles realmente querem fazer parte do esporte ou só estão ali por não terem outra opção?

Os roteiristas conseguiram tratar esses conteúdos com delicadeza, mas ainda mostrando que nada é perfeito e precisamos de ajuda em muitos momentos. Um pequeno passo para a Coreia - juntamente com outros K-Dramas que não tiveram medo de mostrar isso -, mas espero que seja a porta de entrada para que outros dramas continuem tratando essa temática com naturalidade.

3. Personagens maravilhosos 

Todos os personagens são incríveis, engraçados e que complementam a trama. Apesar de alguns não terem se desenvolvido de maneira formidável - e sumirem por algum tempo -, eles nos conquistam, independentemente de seus defeitos e qualidades.


Kim Bok Joo (Lee Sung Kyung) é uma halterofilista, se inspirando em seu pai que também se devotou ao esporte quando jovem. Desde pequena não se importa com a sua beleza, come bastante e se dedica ao levantamento de peso, sendo apoiada pela família. Apesar de ser muito forte por fora, é sensível por dentro, o que traz grandes inseguranças quanto ao sexo oposto.


Sendo rodeada por casais, sabe que tem dificuldades de arranjar namorado por causa de sua carreira. As meninas que se dedicam ao halterofilismo não deixam seus namorados assistirem-as durante as competições, pois suas aparências se modificam ao erguer grandes quantidades de peso, pensando que isso as deixam feias. Mas não é por isso que ela mudará quem é, pois pode ter uma aparência intimidante e ser julgada por isso, mas é uma garota encantadora.


Jung Joon Hyung (Nam Joo Hyuk) é um excelente nadador, mas que, devido a um trauma do passado, não consegue competir. Conheceu a Bok Joo quando criança e, por uma obra do destino, os dois estão estudando na mesma universidade. Ela acaba se apaixonando pelo seu irmão e, por causa disso, os dois se aproximam e se tornam amigos.


Joon Hyung pode ter alguns problemas, porém não deixa seu alto astral de lado. Divertido, gentil, corajoso, cativante e um grande amigo. Ele se torna alguém fundamental na vida da Bok Joo, que ela pode contar para o que precisar, sempre com ótimos conselhos e um bom ombro para desabafar. Porém, isso não quer dizer que, em alguns momentos, era imaturo e chato, enchendo o saco dela. A personalidade ia oscilando, mas não deixava de ser adorável.


Jung Nan Hee (Cho Hye Jung), Lee Sun Ok (Lee Joo Young) e Jo Tae Kwon (Ji Il Joo) são os amigos dos protagonistas. As meninas também são levantadoras de peso e tem personalidades parecidas com a Bok Joo, apesar de serem mais animadas. Adoram comer, são muito divertidas, estão sempre se apoiando e são as melhores amigas que alguém poderia pedir. O trio SWAG . Por outro lado, o Tae Kwon é colega de quarto do Joon Hyung, também é nadador e os dois juntos sempre me arrancavam sorrisos com suas interações cômicas.


Outros personagens também aparecem no drama: Jung Jae Yi (Lee Jae Yoon) é o irmão do Joon Hyung e um médico, por quem a Bok Joo é inicialmente apaixonada. Ele é um doce, mas muito lento. Pode ser inteligente, mas demora muito para entender as coisas, tem que jogar na cara dele para que ele perceba algo. Já a Ah Young (You Da In) é uma enfermeira na universidade dos protagonistas e amiga de longa data de Jae Yi. Nutre uma paixão por ele, mas está na friendzone.


Song Shi Ho (Kyung Soo Jin) é uma ginasta e ex-namorada do Joon Hyung. Não tem uma vida fácil e volta para a universidade para tentar reatar o relacionamento que tinha com o protagonista. Em contrapartida, temos a equipe de halterofilismo que é incrível, com os companheiros de equipe e treinadores. Eram unidos, se apoiavam e tomavam bronca quando necessário.


Além destes, também temos os familiares que estão presentes em diversos momentos e, a maior parte deles, são maravilhosos.

4. Relacionamento saudáveis e fofos

Aqui é um tópico que eu não debato somente sobre relacionamentos amorosos, mas também sofre a família e amigos. Em muitas séries coreanas são mostrados relacionamentos abusivos, seja de que tipo for. Família ruim que só quer separar o casal principal, relacionamentos amorosos em que há abuso psicológico, amigos ruins... Há vários que são retratados como algo "normal" e adequado. Dá até dor no coração.


Mas isso não é o que acontece em  Weightlifting Fairy Kim Bok Joo. Apesar de ter alguns relacionamentos não tão bons, eles não são retratados como exemplo adequado. Porém, a maior parte dos relacionamentos é mostrado de maneiras saudáveis e fofas. Percebi que gosto de relacionamentos simples e que complicar algo, que é para ser fácil, nem sempre é bom.


A amizade entre Bok Joo, Nan Hee e Sun Ok é tão linda. Apesar de ter alguns contratempos, o que elas mais queriam era a felicidade uma da outra. Elas foram definidas como os três mosqueteiros: um por todos e todos por um! Fora os momentos engraçados e fofos quando elas se juntavam. Dava vontade de fazer parte desse grupinho.


Entretanto, o relacionamento familiar era algo encantador. São famílias não tradicionais, sabem apoiar as decisões que o outro faz, estão ao lado nos momentos difíceis e puxam a orelha. Principalmente a família do Joon Hyung, onde os pais e o irmão fazem de tudo para ele se sentir bem. Embora há alguns conflitos, o amor e o cuidado que eles sentem é algo de se encher os olhos. Eles entendem que erraram em alguns momentos, mas eles aprendem, não se envergonhando em mudar e pedir desculpas quando necessário.


Já a construção do relacionamento de Bok Joo e o Joon Hyung é totalmente natural. Eles são conhecidos, depois se tornam amigos e, por fim, percebem que estão apaixonados (recheado de vários clichês que já estamos cansados de ver, mas nos deslumbramos mesmo assim). Lógico que há dificuldades externas e internas, mas a união se fortaleceu lentamente e de maneira positiva. Não é algo corrido, amor à primeira vista ou até mesmo mal desenvolvido.


Bok Joo e Joon Hyung, em muitos momentos, se sentem confusos sobre os seus sentimentos (e não só em relação ao outro), mas nunca deixam de se apoiar. O casal conhece os defeitos que o outro tem, se apaixonaram por isso e, portanto, não mudam apenas para agradar o outro. Além de aprenderem muito ao estarem juntos e crescerem como namorados.


Os dois juntos são tão fofos que, em muitas ocasiões, eu só dizia "awwwwn". Queria entrar dentro da tela e apertar as bochechas deles ou guardá-los em um potinho. Tão lindos


5. Ótimos detalhes técnicos

Roteiro, direção, fotografia, cenário, figurino e trilha sonora foram feitos para serem apreciados nesse drama.


Não importava a hora que a cena se passava, eles sabiam aproveitar toda a paisagem.

Eu, ainda, ficava encantada na construção de várias cenas, principalmente do casal principal, de tantos detalhes que a equipe de produção inseriu.


O cenário e a fotografia eram sensacionais. Cenas na neve, no parque de diversões, na fonte e  na praia são apenas alguns exemplos de lugares que foram explorados com maestria. Fiquei até em dúvida sobre quais fotos/gifs escolher para colocar na postagem e acabei exagerando


As OSTs dos K-Dramas são sempre construídas pensando no roteiro. Então, se vermos a tradução das letras, percebemos que elas se encaixam perfeitamente com a trama, complementando-a. Em Weightlifting Fairy Kim Bok Joo, não foi diferente. Amei toda a trilha sonora, desde as OSTs até as músicas já conhecidas de outros artistas que também integraram as cenas.



Na mesma linha, o roteiro foi muito bem construído podendo ser, em muitos momentos, super fofo, mas também consegue nos mostrar os personagens passando por diversas situações: juventude, ser universitário e atleta, as paixões, problemas familiares e psicológicos, além de padrões de beleza. Aliás, enfatizar que a beleza interior deve ser o que mais importa (mesmo a Bok Joo sendo linda) é uma das coisas que a série faz constantemente. Tudo isso foi construído sem ser exagerado, forçado ou irritante, pelo contrário, de maneira única e cativante.

Tradução: “Vocês são bonitas e populares, mas isso não é tudo. Vocês deveriam ser uma pessoa decente primeiro”. | “Trabalhe a sua beleza interior”.

Também me senti representada pela Bok Joo e apaixonada pelo Joon Hyung, por conta do modo em que foram construídos. Uma menina que não se deixa levar pelos outros e fala o que pensa; conhece o que quer e corre atrás; sabe quando precisa de ajuda, mas consegue fazer as coisas sozinha também; é forte por fora, mas também sensível por dentro. Já ele é um namorado que respeita as mulheres, apoia sua companheira e é honesto; possui seus próprios traumas, mas não se deixa abater e de ser feliz. Os dois não são perfeitos, possuem falhas, mas isso só torna-os mais realistas.

Tradução: "Você tem que encontrar um homem que te ama do jeito que você é."

Tradução: "Se está envergonhada de si mesma, quem vai te achar bonita?"

Tradução: “Para a sua informação, eu bato em homens também" | “O cara que eu gosto não gosta de mim. O cara que eu não gosto também não gosta de mim.”

Da mesma forma, as meninas também foram construídas com base na realidade: preocupadas com espinhas, querendo comer o tempo inteiro, não se preocupando com o que veste desde que seja confortável, debatem sobre os personagens de dramas e que preferem k-pop do que música clássica.


E, por fim, em algumas cenas os diálogos nos demonstra o amadurecimento dos personagens. São bem escritos e inspiradores. Conseguem trazer reflexão para quem assiste e eu, muitas vezes, me peguei pensando sobre o que falavam. Mas em outros, eles simplesmente são engraçados e me fizeram rir. 

Tradução: "Você pode fazer isso. Isso se tornará verdade. Vamos fazer isso." | "As mulheres também podem levar os homens para casa." 

Bônus: Cameos


Há várias participações especiais que me fascinaram. Além de trazer atores que adoro, estes traziam referências aos dramas que participaram anteriormente. Lee Jong Suk (W ‑ Dois Mundos), Seo Hyun (Moon Lovers: Scarlet Heart Ryeo), Ji Soo (Strong Woman Do Bong Soon) e Z. Hera (Moon Lovers: Scarlet Heart Ryeo) são alguns deles. Ah, e não nos esqueçamos da Kim Seul Gi (Oh My Ghostess), que faz mais uma personagem fofinha em sua carreira. Mas não tem problema se você não assistiu a essas séries, pois você pode se cativar por suas belezas durante alguns minutos. Ou seja, é um bom bônus para quem é fã deles.



Você já viu esse drama coreano? Se interessou? Comente!

Onde assistir: Dramafever e Viki.


Comentários
41 Comentários

41 comentários :

  1. Esses são os motivos que eu precisava ver algum dorama! E o escolhido foi esse mesmo hahahaha

    ResponderEliminar
  2. Nunca achei o desporto muito interessante na tv, mas este até parece ser!!

    ResponderEliminar
  3. Nunca tinha ouvido falar, mas são motivos que chamaram a minha atenção!

    ResponderEliminar
  4. Sou daquelas que odeia se mexer (shame on me) mas que adora acompanhar esportes diferentes na tv. Sempre fico me perguntando como deve ser a rotina de treinamento de uma ginasta, por exemplo, e como o psicologico pode contar a favor ou contra. Adorei saber que a série mostra isso de pertinho <3 Agora quero assistir! hahaha Beijos
    Colorindo Nuvens

    ResponderEliminar
  5. Acho que não é uma série que eu assistiria.
    Mas seu post é muito bom, gostei dessa forma que você foi intercalando texto com imagens e gifs, muito bacana mesmo!

    ResponderEliminar
  6. Nunca tinha ouvido falar, mais gostei. Apesar de não gostar muito de séries assim, vou assistir essa porque você me convenceu rsss. Bjos

    ResponderEliminar
  7. Oi, foi um textão mesmo. nunca tinha visto falar de Weightlifting Fairy Kim Bok Joo e gostei bastante de dica, vários temas importantes reunidos num universo jovem e ainda com esportes, mistura das boas.

    ResponderEliminar
  8. Olá, tudo bem? Nunca tive nenhum contato com esta cultura, mas adorei a tua dica e com certeza me convenceu a assistir!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Curti demais! Vou correndo procurar!!! Jesus! Será que acho? Sempre me perco nesses títulos!!! Mas anotei aqui no Google agenda para lembrar! Obrigado pela dica!!!

    ResponderEliminar
  10. Esse é um tipo de série que tem invadido o Netflix e que eu sempre viro a cara, mas vejo que tenho perdido grandes histórias, preciso criar vergonha e dar uma chance, pode ser que eu me apaixone, se não curtir pelo menos sei do que vocês estão falando kkkk


    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Ola, eu não tenho interesse em assistir nada que envolva essa cultura por enquanto. Não tenho nenhuma curiosidade e nem sabia que existiam ate eu ver um video da Paola dos livros e fuxicos e essa é a segunda vez que estou lendo algo que envolva essa cultura e por enquanto eu passo essa dica

    ResponderEliminar
  12. Oi, tudo bem? Nunca parei pra assistir essas produções coreanas, mas vejo muita gente que ama. O seu post me convenceu demais a assistir este, pois: 1) fofura, 2) fotografia e 3) esportes. Não sei nada sobre a cultura deles e acharia bem legal conhecer a cultura jovem, que é a que mais me interessa em qualquer país. Vou, com certeza, assistir <3
    Parabéns pelo post, tá muito lindo e convidativo! <3

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Olá!!Eu já tinha visto uns trechos desse seriado na net,e achei bem interessante,mas não tive a paciência de sentar e acompanhar todos os episódios,mas ensina bastante coisa pelo pedaço que puder ver para quem e jovem e pretende ter uma carreira esportiva...

    ResponderEliminar
  14. Que fotografia maravilhosa dessa série, meu deus! As cores são incríveis e contrastam muito bem! É super curtinho então consigo maratonar em um final de semana. Só de saber que trata de temas importantes, como transtornos, já merece a minha atenção. Obrigada pela dica!

    ResponderEliminar
  15. Não conhecia essa drama coreano e fiquei muito interessada em ver sim! Vc postou de uma forma super completa. Os assuntos abordados São bem interessantes! Gostei!

    ResponderEliminar
  16. Olá, ainda não conhecia essa produção, parece ser muito boa pelo seu post. Amei a temática esportiva, e com esses outros motivos com certeza vou querer assistir.

    ResponderEliminar
  17. Oie. Não tenho costume de assistir nada, mas confesso que seus motivos me balançaram bastante. Adorei o fato de trabalhar o esporte, eu nunca tinha visto algo do gênero, e também de tratar de temas sérios como depressão dentre outros. Ainda,adorei o fato de ter vários relacionamentos bacanas.

    ResponderEliminar
  18. Nunca vi um dorama, mas agora tenho 5 motivos para ver hoje mesmo.
    Adorei o post.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderEliminar
  19. Olá!
    Não conhecia essa série e achei bem interessante. Adoro séries jovens e esportes.
    Vou procurar pra assistir e me encantar assim como você.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderEliminar
  20. Não faz muito o meu gênero de série ,eu prefiro mais as policiais. independente disso, achei seus motivos bem pertinentes, principalmente os dois primeiros.
    Bjs, Rose.

    ResponderEliminar
  21. Olá!
    Essas séries nunca me chamaram a atenção, sempre vejo algumas pessoas comentando mais nunca me interessei muito. Parece ser bem legal, e com assuntos importantes hoje em dia. Quem sabe eu não me anime depois desses motivos rs'

    beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  22. Depois desse post não tem como NÃO se interessar por esse dorama. Eu assist W e fiquei louca quando vi que o Lee Jong Suk faz uma participação especial porque adoro ele (quem não?). Só por dar uma chance pra abordagens de problemas psicológicos e tratar de problemas reais que muitas pessoas vivem, já foi mais um dos tantos motivos pra eu começar a assistir. Anotado na listinha e espero começar agora nas férias.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  23. Oii! Eu tenho curiosidade de assistir esses dramas coreanos, parecem conter uma história bem divertida e fofa haha. Porém eu tenho uma lista gigante de séries que aumentam a cada semana e eu acabo esquecendo. Mas os seus motivos me convenceram a dar uma chance para essa série e os episódios são apenas 16, então acho que irei terminar rapidinho haha. Dica anotada, bjss!

    ResponderEliminar
  24. Eu acho a coisa mais incrível essa febre de cultura coreana, pra mim equivale a febre emo de quando eu era adolescente haha Não quero dizer que esse assunto interesse apenas aos adolescentes, mas quero dizer que entendo perfeitamente esse deslumbramento e todos os sentimentos que eles nos causam. E apesar de todo mundo zoar os emos dizendo que era depressivos, eu encontrava muita felicidade nessa comunidade e fiz amigos pra vida inteira. Gostei de conhecer sobre esse seriado, quem sabe um dia busco ele para assisti-lo, agora realmente não tenho tempo. Mas adorei sua dica. <3

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  25. Oiiie,
    Gostei e foi demais!, E não eu nunca vi/conheci, conhecendo agora pelo seu post e to com vontade de ver pq me apaixonei não só pelos personagens como tudo,cenários lindos,drama, é um tipo de série que eu adoraria ver <3, Anotado!.

    ResponderEliminar
  26. Tenho a impressão que jamais saberei falar esse nome hahaha

    Adorei os seus motivos e fiquei curiosa para assistir. Já anotei o nome.

    Beijos
    Mari Barros
    Blog Diversamente

    ResponderEliminar
  27. Oiii!
    Admito que nunca tive muito contato com cultura da Coreia, mas vejo tanta gente falando que me deixa instigada haha
    Achei muito fofinho seu post e adorei os motivos 2 e 4 que, sinceramente, são super importantes e, por algum motivo, tão difíceis de encontrar! Qual o problema em fazer uma série com relacionamentos saudáveis, né? haha
    De qualquer forma, parabéns pelo blog :)
    Beijos!

    ResponderEliminar
  28. Olá, tudo bem?
    Nunca vi nada com essa pegada coreana, mas achei sua postagem muito encantadora e fiquei encantada por ver quantos pontos positivos essa trama tem. Já tinha achado bem positivo a questão de trabalhar esportes, mas quando vi que trabalhava sobre transtornos, fiquei encantada.
    Vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderEliminar
  29. Oi!
    Infelizmente esse tipo de trama coreana, mas achei muito legal os temas que ele trás porque são muito importantes e precisam ser mais abordados em outros filmes e séries.
    Se um dia tiver aoportunidade de assistir lembrarei do seu post e darei uma chance a ele

    ResponderEliminar
  30. Oi, tudo bem?
    Tenho visto muitas pessoas recomendando dramas sul-coreanos e alguns parecem ser realmente interessantes. Eu ainda não conhecia esse que você indicou, mas adorei os motivos que você destacou. Adorei a descrição dos personagens e achei muito legal serem abordados temas tão sérios como a bulimia, a depressão e outros transtornos psicológicos. São assuntos sérios e que precisam mesmo ser discutidos.
    No entanto, apesar dos motivos maravilhosos, não sei se poderei assistir, porque estou com muitas séries atrasadas e ultimamente está difícil até manter as leituras em dia, que dirá assistir alguma coisa. Mas quem sabe mais para frente, né?
    De qualquer forma, ótimo post!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  31. Olá, tudo bem?
    Nunca assisti um drama coreano, acredita. Nunca me chamou atenção filmes coreanos ou japoneses, mas queria dar uma chance, pois os coreanos são muito elogiados.
    Eu amei o post e vou assistir sim.

    ResponderEliminar
  32. Caramba, que postagem mais completinha! Quando eu entrei na postagem pensei que fossem 5 motivos breves, mas você esmiuçou bastante.
    Eu nunca assisti um dorama, apesar de todas as postagens elogiosas que sempre vejo. Mas eu não assisto pq tenho gastura das pessoas todas iguais! Hahahahaha
    Eu acho todo mundo muito parecido e me dá nervoso!
    Mas já vi que tem alguns na Netflix e qualquer dia desse assisto um pedacinho de algum deles! :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  33. Olá, tudo bem?

    Já tinha ouvido falar desse drama, porém não me despertou o interesse. Não sei dizer o porquê. Sua postagem define bem os motivos para assistir, mas ainda assim eu passo a dica. Acho que não estou no momento certo para ver, mesmo que o auge é agora.
    Quem sabe em um futuro eu dê uma chance.

    Beijos

    ResponderEliminar
  34. Oi! Puxa que legal poder conhecer uma série sul-coreana, pois geralmente a tendência é vermos séries mais "americanizadas".
    Achei as temáticas muito interessantes, então anotarei a dica aqui e indicar para uma amiga que adora esse estilo de série.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  35. Oiee, tudo bem? Que post maravilhoso! Super completo e relevante. Adorei conhecer esse dorama! Inclusive já salvei o link para começar a assistir <3 Obrigada pela indicação!
    Super beijo.

    ResponderEliminar
  36. Olá, tudo bem? Não precisa nem dar 5 motivos, já to assistindo por primeiro ser dorama (o que to AMANDO no momento) e segundo por tratar de um assunto que adoro que é esportes <3 Ah dica anotadíssima!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  37. Vc sabe que eu não assistia nada que fosse asiatico acho que pq tinha um pouco de receio rs mas depois que assisti o primeiro dorama virei uma viciada em filmes e séries nesse estilo e como estou começando nesse mundo todas as dicas são bem vindas :)

    ResponderEliminar
  38. O que dizer desse dorama que eu amo de paixão? Sério, eu concordo com todos os seus motivos. A história é linda, as interpretações são lindas, as relações são lindas e a cenografia é maravilhosa. Mas confesso que enquanto via eu sentia muita fome hauahua eles comem coisas boas demais.
    ps: uma das minhas cenas favoritas é a da cafeteria quando eles já tão juntos e ele tá com o amigo num encontro e ela liga pra ele. Tão legal e tão divertido.
    Elisabete Silva
    www.euinsisto.com.br

    ResponderEliminar
  39. Olá!
    Eu ainda não conhecia esse dorama, mas achei super legal os motivos que você escolheu para falar dele. Confesso que doramas não faz muito o meu estilo, mas minha irmã é apaixonada e com certeza vou passar essa dica para ela. Adorei a postagem!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  40. Sem duvidas esse dorama é o mais lindinho e fofinho que eu já assisti! Meu Deus essa atriz é maravilhosa demais, eu ri muito, me apaixonei... só não ganha da produção de Goblin rsrs

    ResponderEliminar