Afiliados

Um Corpo na Biblioteca, de Agatha Christie

23 de outubro de 2017


Olá pessoal, tudo bom? Resolvi que teria que atualizar o blog e fiquei encabulada sobre o que postaria. Porém, logo me lembrei desse livro, que eu li há algum tempo, mas ainda não tinha postado a resenha. Sim, é uma obra da Rainha do Crime, mas como de praxe, eu amei e vim relatar os motivos para vocês.

Editora: Nova Fronteira. Ano de Lançamento: 2014. Páginas: 184. 
Skoob, Goodreads. Onde Comprar: Amazon, Saraiva.

Miss Maple entra em ação

É uma manhã comum na casa dos Bantry que muda totalmente quando encontram um corpo em sua biblioteca. O mais curioso disso é que ninguém naquela casa, incluindo os empregados, conhecem aquela vítima. O sr. Bantry, portanto, resolve chamar a polícia para investigar o assassinato. Enquanto isso, a sra. Bantry chama a sua amiga, Miss Maple, para tentar solucionar esse fantástico caso.

Porém essa situação poderia complicar ainda mais quando ficam sabendo de mais um assassinato: dessa vez, uma adolescente foi incendiada dentro de um carro. Será que essas duas ocorrências estão conectadas? Se sim, de que maneira?

Bateram à porta. Do fundo de seus sonhos, a sra. Bantry disse automaticamente:
-Entre.
Abriu-se a porta. Agora ouviria os guizos das argolas da cortina. Da luz verde veio a voz da Mary, sem fôlego, histérica.
-Oh, que coisa horrível, há um corpo na biblioteca.

O livro é pequeno, a narrativa é envolvente e feita em terceira pessoa. A escritora consegue coordenar brilhantemente cada pista que é revelada, nos levando a vários caminhos para a solução desse caso. Além disso, consegue nos alimentar com cada dúvida, nos fazendo questionar a culpabilidade de cada personagem dessa trama. Mas o final é surpreendente. Essa escritora, como sempre, sabe como dar uma reviravolta incrível.

Cada personagem, também, possui suas próprias características e todas as suas ações são conduzidas para a conclusão espetacular da história. A Miss Maple, então, pode até ser uma solteirona e uma detetive amadora, mas também é inteligente e sabe como resolver mistérios como ninguém. Essa personagem é adorável e não há como não admirá-la.

Da mesma maneira que acontece com todos os livros da Agatha, eu amei este! Recomendo a leitura, pois ela flui de uma maneira tão simples que em poucas horas eu estava boquiaberta com toda a resolução do caso. Vale totalmente a pena, pois é um livro de mistério que só a Rainha do Crime poderia criar.

O livro, publicado pela Editora Nova Fronteira, teve uma nova edição criada especialmente para um box da escritora Agatha Christie. As folhas são amarelas, mas finas e a capa é dura. As ilustrações da capa são lindas e o box é feito com material de qualidade (não vai amassar por qualquer coisa). Ou seja, é realmente é maravilhoso!