Afiliados



Quando a Noite Cai, de Carina Rissi

31 de janeiro de 2018


Quer saber o que eu achei de Quando a Noite Cai, romance da autora nacional Carina Rissi? Então leia essa postagem!

Olá pessoal, tudo bom? Para a segunda leitura da Jornada MLV, escolhi o desafio de "Ler um livro comprado em uma promoção", o que é praticamente toda a minha estante, rs. Eu, na maioria esmagadora das vezes, só compro livros quando estão com um preço baixo. Porém, acabei escolhendo uma obra que eu queria ler desde o seu lançamento: Quando a Noite Cai, da Carina Rissi. Só paguei R$ 10 na Submarino, então se encaixa, né? Assim como a leitura anterior que tive dela, Procura-se Um Marido, eu amei esse livro e vim compartilhar com vocês um pouco sobre ele.

Editora: Verus. Ano de Lançamento: 2017. Páginas: 476.
SkoobGoodreads. Onde comprar: AmazonSaraiva

Desejo ficar acordada ou sonhar?

Briana Pinheiro era uma jovem normal, que sofreu e teve que desistir de muita coisa para ajudar a sua família. Mas a sua vida muda no seu aniversário de 18 anos: sonhos estranhos começam a surgir todas as noites. Quando o sono chega, seus pensamentos são transportados para a Irlanda, onde uma jovem está fugindo, tropeça em Lorcan e a história se desenvolve, noite após noite.

Durante o dia não é muito melhor, já que a sua sorte é horrível. A pensão da família não rende muito e ela, como a filha mais velha, tem que trabalhar. O problema é que ela não consegue manter um emprego por mais de cinco dias. Isso não quer dizer que ela trabalhe mal ou é preguiçosa, simplesmente tem azar. Quando algo tem que dar errado, será com ela que dará errado. Coisas estranhas acontecem e Briana acaba sendo despedida. Todas as vezes.

"Estou no inferno. Perdida em um pesadelo constante e interminável do qual não consigo escapar."

Ao procurar um novo emprego, nada dá certo. E, para fechar com chave de ouro, ela sai do prédio em que teria uma entrevista e é atropelada pelo Gael O'Connor. E ele é igualzinho o cara que ela sonha todas as noites. Como isso é possível? Porém, após alguns eventos desastrosos, ele lhe oferece um emprego. Ela, que não pode recusar, aceita e reza para que dê tudo certo e a sua má sorte não apareça por um tempo.

Entre ter que lidar com o cara dos sonhos ser uma pessoa real (apesar de algumas mudanças) e tentando, mais uma vez, se manter em um emprego, Briana tem muito peso para carregar nos ombros. E os sonhos não param, pelo contrário, acaba ganhando mais vida e ela tem que se decidir sobre o que fazer com os sentimentos mistos que ela sente por Gael e Lorcan.

"Enquanto Ciara continuava amando Lorcan a cada vez que a noite caía, eu fui me apaixonando por Gael a cada vez que o sol nascia."

A mocinha é daquele tipo que não pensa em amor, apesar de ser bem curiosa e querer se envolver na vida dos outros. A única coisa que ela quer, realmente, é acabar com os problemas financeiros da família e poder dar a oportunidade para a sua irmã mais nova seguir o sonho de ser fotógrafa - coisa que ela não teve em relação ao desenho. Mas entre ter sonhos durante a noite e azar durante o dia, sobra pouco tempo para namoro - ainda mais por ter visões de um homem maravilhoso quando vai dormir. Quem poderia competir com ele, não é? Só se aparecesse alguém igualzinho, rs.

Enquanto isso, Gael é daqueles personagens que já vimos em tantos outros lugares: lindo, rico, inteligente, mas que é frio, pois perdeu a sua amada quando era jovem. O problema é que ele não sabia que a sua vida viraria de cabeça para baixo ao contratar a Briana, nem os sentimentos que ela o despertaria. Ademais, que chefe manda o motorista particular buscar a empregada em casa e deixa este a serviço dela desde o primeiro dia? Me falem, pois eu quero mandar currículo!

“— Tem razão. Não consegue compreender o amor. Não é assim que funciona. Não se decide amar ou não. Simplesmente acontece, sem que se possa evitar".

Eu gostei de como a Carina conduziu a trama. Apesar de ter duas histórias acontecendo ao mesmo tempo - a dos sonhos e a da "vida real" -, ela fez de uma maneira que se complementavam e não ficava confuso. Lógico que, no começo, quando os personagens estavam sendo apresentados, você consegue ficar com a cara da Nazaré tentando entender tudo o que está acontecendo - e falhando miseravelmente. Mas aos poucos, enquanto o enredo era conduzido e desenvolvido, tudo foi se encaixando e fazendo sentido.

Infelizmente o livro não ficou perfeito para mim. Em alguns momentos ficou cansativo por conta de repetições. Um exemplo é que tinha uma expressão que era usada constantemente e, depois de um tempo, parou de ficar bonito e se transformou em chato. Além disso, eu esperava que o livro fosse mais engraçado, algo como em Procura-se Um Marido, mas me decepcionei nesse sentido. Ele tem umas partes que me alegraram, mas não foram tantas quanto eu imaginei que seria.

“Desistir nem sempre é perder. Muitas vezes abandonar o que não está funcionando é a única maneira de ter a chance de um recomeço.”

Por outro lado, a construção dos personagens é ótima, como de praxe para a autora. Ela não dá o foco somente para os principais, mas também dá espaço para os secundários. Sinceramente, estou ansiosa para ela escrever a história de alguns que apareceram em cena. E, mais uma vez, consegue fechar uma história sem deixar pontas soltas, apesar de ter elementos fantasiosos. Ou seja, a trama consegue ter um começo, meio e fim e responde a todas as dúvidas que poderíamos ter durante a leitura.

A Carina continua sendo uma incrível autora nacional. Apesar de algumas poucas ressalvas, ela criou, para mim, um romance encantador e que, apesar de algumas coisas serem de ficção, não deixou de lado os dramas reais da vida. Você poderá suspirar, se apaixonar, rir e chorar, pois é uma história completa. Todos os personagens são cativantes e, se não conseguirmos nos identificar, podemos apreciá-los e sonhar em ter alguns deles na nossa vida. A narrativa é envolvente, feita em primeira pessoa, mas que consegue fascinar quem lê. Eu, realmente, estou animada para ler os outros livros dessa escritora e recomendo para todo mundo que gosta de um bom romance!
Comentários
17 Comentários

17 comentários :

  1. Nunca li nada da autora mas gostei do jeito como você escreveu a resenha, imagina a personagem ter este azar e ter que conviver com isto e fico pensando se ela tem algo com o passado na Irlanda? Gostei de ler sua resenha.

    ResponderEliminar
  2. Olá, tudo bem?

    Eu amo os livros da Carina Rissi, mas esse não tinha chamado tanto a minha atenção. Porém, após a sua resenha fiquei bem empolgada! Vou dar uma chance!

    E menina eu também sou igual a você, a louca das promoções, haha!

    Com amor,
    Lorrane.

    ResponderEliminar
  3. Acho que sou uma das poucas que ainda não leu nenhum livro da Carina rs. Mas me simpatizo muito com as sinopses e com o que ouço falar dela, só ainda não deu match! Hahaha. Gostei bastante da resenha e em breve irei dar início em algum de seus livros.

    /Juliane

    ResponderEliminar
  4. Oiiie,
    Eu conhecia esse livro fiquei sabendo em uma outra resenha dele e confesso que eu mesma gostei bastante do livroa capa maravilhosa mas eu ainda nao li

    ResponderEliminar
  5. oi!
    Estou doida para ler esse livro, amo a escrita da Carina ela é otima :D
    bjo

    ResponderEliminar
  6. Oi, tudo bem ?

    Amo muito a Carina Rissi desde Perdida e estou louca para ler esse livro. Com certeza é uma ótima dica de leitura.

    ResponderEliminar
  7. Adorei sua resenha,não conhecia o livro,mas parece ser muito bom.Fiquei curiosa em conhecer a Briana e ter um chefe que nem o Gael kkkkkk bjo amei

    ResponderEliminar
  8. Olá...
    Ainda não li nada da autora, mas, sempre leio excelentes comentários sobre ela. Gostei de saber que a autora trabalhou ficção com alguns dilemas da vida real e fiquei bem curiosa para conferir a história, apesar de suas ressalvas.
    Dica anotada!
    Bjo

    ResponderEliminar
  9. Também comprei por R$ 10!!! hahahah
    Eu ainda não comecei a ler, mas estou mega ansiosa. Carina é realmente uma autora muito boa!!! E Espero gostar bastante da leitura.
    Adorei sua resenha e muito obrigado pela dica!!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderEliminar
  10. Poxa, Dani!
    Que pena que o livro não foi perfeito!
    Eu adoro as histórias da Carina, mas ainda não tive a chance de ler esse livro. Ainda quero ler, mas vou baixar minhas expectativas para não me decepcionar!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderEliminar
  11. Olá!
    Comprei o livro Perdida da autora para minha irmã,mas ela não terminou ate hoje(já faz uns 5 meses),to esperando ela terminar para poder ler esse grande fenômeno.
    Primeiro:Acho essa capa muito linda e maravilhosa,Segundo: Gosto de me iludir mesmo com personagem lindos.
    Eu gosto de história que tem sonhos e realidade misturada e não sei porque,mas quero ler.Se a personagem tem azar já vejo eu que não encontra um crush dos sonhos na vida real.
    Adorei conhecer a história e seu ponto de vista.
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Amo a Carina Rissi e seus livros fora da serie Perdida me fizeram muito feliz como leitora. Mas este livro em especial não funcionou para mim. A Brianna não me convenceu e a parte da Irlanda achei insuportável...
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Oi, tudo bem?
    Esse é um dos livros da Carina que eu ainda não tive a chance de ler. Já li quase todos da autora, e até agora não conseguir comprar este. Já tinha lido algumas resenhas da obra, algumas negativas, e com isso, fiquei na dúvida se li logo ou esperava mais um pouco. Resolvi deixar para ler este ano, assim que for possível. Eu torço para que seja uma leitura agradável para mim.

    ResponderEliminar
  14. Oi, Dani!
    Já li esse livro e ele também não foi perfeito pra mim, embora tenha gostado muito e acho que ele foi melhor que No mundo da Luna. Mas acho que Procura-se um marido é insuperável, adoro o Max! hahaha
    Bjos!
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderEliminar
  15. Olá
    Nunca li nada da Carina, mas não vejo a hora de ler esse livro. Acho a premissa boa, por mais que temos um fundo meio clichê é um fim talvez um pouco previsível,mas mesmo assim foi uma premissa que me laçou. Amei sua resenha e pretendo em breve fazer a leitura queria muito achar esse livro nesse valor camarada que você achou.

    Beijos

    ResponderEliminar
  16. Olá, tudo bom?
    Amo demais a escrita da Carina e este é infelizmente um de seus títulos que ainda não tenho na estante. Uma pena que em alguns momentos este livro tenha sido cansativo e que não tenha sido tão divertido quanto procura-se um marido. Ainda assim, por todo o restante que disse em sua resenha, quero conferir! Ainda mais por não ter se tornado uma obra confusa em relação a esse paralelo entre mundo real x mundo dos sonhos.
    Amei sua resenha!

    Beijos!!

    ResponderEliminar
  17. Olá! Amo os livros da Rissi, mas não tenho nenhum na minha estante, apenas fico vislumbrando as resenhas que leio e em sua maioria são resenhas bem boas, como a sua. Tenho muito interesse em ler obras da autora inclusive esse é um dos livros que estão em minha lista de prior

    idade. Amei a resenha!

    ResponderEliminar