Afiliados



M ou N?, de Agatha Christie

9 de fevereiro de 2018


Olá pessoal, tudo bom? Apesar de não ter lido durante a Maratona MLV, M ou N?, da Agatha Christie foi uma das minhas escolhas e, sendo a minha escritora favorita, não pude deixar de ler. Então hoje vocês poderão ver o que eu achei dessa obra!


Editora: HarperCollins Brasil. Ano de Lançamento: 2016. Páginas: 194.
SkoobGoodreadsOnde comprar: AmazonSaraiva.

Espionagem e traição no meio de uma Grande Guerra

O cenário é a Segunda Guerra Mundial e "M ou N?" se inicia Tommy e Tuppence reclamando que não tem nenhum trabalho. Então, como em um passe de mágica, ele é convidado a colaborar com o Serviço Secreto Inglês e investigar sobre um caso de espionagem, onde nazistas estão inseridos no comando inglês. Ele deveria trabalhar sozinho, mas logicamente a sua mulher descobre sobre o assunto e acaba se infiltrando na investigação.

Eles se deslocam até uma pensão na Escócia, onde um agente inglês foi morto. Ele é que, anteriormente, estava liderando esse caso, mas foi atropelado de maneiras suspeitas enquanto avançava em sua pesquisa. A única pista deixada foi um bilhete, escrito M ou N, que dá a entender que são duas pessoas a serem procuradas - e elas devem estar hospedadas nessa pensão.

Há diversos suspeitos, entretanto, não vou citar cada um deles para que vocês sejam apresentados durante a leitura e consigam tirar as suas próprias conclusões. Dessa maneira,  conseguem ter a experiência completa da autora.

Confesso que, apesar de amar a Agatha Christie, esse foi um dos livros que menos gostei dela. Isso não quer dizer que é ruim, pelo contrário, eu me vi envolvida na história - como de praxe nas suas obras. Entretanto, comparando com os seus outros trabalhos, esse não ganhou o meu amor incondicional.

Um dos fatos é que não é um caso de assassinato como normalmente vemos nas obras dessa autora, já que os detetives estão disfarçados e não estão investigando a morte do agente a céu aberto. Então, o ritmo da narrativa, nesse caso, é mais lento. Além disso, combina totalmente com o lugar e as pessoas que lá se encontram, que é uma casa de interior onde os hóspedes estão fugindo da guerra e querem um pouco de paz.

Para acrescentar, essa foi a primeira vez que me encontrei com Tommy e Tuppence. Normalmente, escolho livros do Hercule Poirot e Miss Marple para me aventurar. Não sei se é porque foi o meu primeiro contato com os dois, que já estão mais velhos e citam casos que desconheço, mas não me vi cativada por eles logo de cara.

O Tommy não me agradou, era meio sem sal e não ajudou tanto nas investigações. Tuppence, por outro lado, é bem astuta, mas também senti falta de algo. Para não dizer que desgostei totalmente do casal, eu adorei as interações entre eles e os diálogos, que logo se tornaram as melhores partes durante a investigação.

O final, como sempre, foi surpreendente. Apesar de desconfiar, por saber como a autora trabalha, ela conseguiu me espantar com todos os detalhes e como tudo se desenrolou no fim. Há bastante ação e, durante o desfecho, eu não conseguir largar o livro nem para beber água, rs.

Portanto, eu recomendo "M ou N?", como de costume quando se refere a Rainha do Crime. É uma leitura fluída, fascinante e que consegue prender a atenção do leitor, apesar das ressalvas citadas. Se você gosta de casos de espionagem e mistérios, esse livro é perfeito para você!

O livro, publicado pela Editora HarperCollins Brasil, teve uma nova edição criada especialmente para um box da escritora Agatha Christie. As folhas são amarelas, mas finas e a capa é dura. As ilustrações da capa são lindas e o box é feito com material de qualidade (não vai amassar por qualquer coisa). Ou seja, é realmente é maravilhoso!


Comentários
13 Comentários

13 comentários :

  1. Amo livros que encaixam uma das grandes guerras muniais, eu amo histórias e para mim estes são os melhores livros do mundo. Vou amar ler este, obrigada pela resenha ^^

    ResponderEliminar
  2. Gosto tanto da rainha do crime, já li diversos livros dela, mas esse ainda não. Fiquei intrigada por saber que o livro foge do habitual caso de assassinato, assim como também vejo como protagonistas Poirot e Marple. Apesar das ressalvas é um livro que quero ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Oie! Não curti muito o enredo, mas apesar de tudo, leria, sim! Porque afinal de contas, Agatha Christie, é Agatha Christie, né? rsrsrs
    Mas a capa do livro está bem bacana.
    Fiquei encantada com o seu blog! Ele é muito lindo! A foto do seu livro está maravilhosa também.
    Parabéns pelo capricho, moça!

    Eliziane Dias

    ResponderEliminar
  4. A Agatha também é uma das minha autoras favoritas. Acho que o único problema dela é que depois que você lê os "melhores", os outros se tornam um pouco... repetitivos?
    Os livros onde os investigadores são Tommy e Tuppence costumam ser mais parados mesmo, não sei se é por conta da idade deles ou se é mais escolha da autora mesmo. E Tommy é totalmente sem sal kkkk só quem presta é a esposa dele.
    Ainda não li essa obra dela, mas espero conseguir ler em breve.
    Gostei muito da postagem e do seu avatar rsrs s2
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Oi Dani!!!

    Tudo bem? Primeiro seu layout está MARAVILHOSO! Não tinha entrado aqui depois da troca! Eu vi ele pra comprar e super me interessei aí quando voltei já estava indisponível kkkkkkkkk

    Bom, Agatha Christie <3 eu tenho um projeto dela em andamento no blog e preciso ler um box que recebi da HarperCollins Brasil, mas estou enrolando sei lá porquê! Assim como você, eu nunca li nada com o Tommy e o Tuppence, geralmente leio apenas o Poirot!

    A narrativa da Agatha é maravilhosa e eu sempre (SEMPRE MESMO!) estou enganada a respeito de quem é o culpado! É diferente que esse livro não trate de um assassinato e que pena que a narrativa é mais lenta, mas ainda assim eu pretendo ler M ou N? em algum momento!

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderEliminar
  6. Ainda não li os livros da autora, mas sempre, em todas as resenhas que leio dela as pessoas exaltam a escrita e sua criatividade. O que quer dizer que tenho que ler logo, para concordar ou discordar kkkkkkk
    ótima resenha!

    ResponderEliminar
  7. Oi!

    Acredita que eu nunca li nada dessa rainha? Pois é! to para ler, mas ainda não escolhi um livro dela para ler. Adorei a sua dica, faz tempo que não leio nada investigativo e quem sabe começar a ler Agatha com esse livro?

    beijos!

    ResponderEliminar
  8. Oi Wellida, como está?
    Já li muitos livros da Rainha do Crime e adorei cada um deles sem sombra de dúvida! Esse foi um dos que eu mais gostei justamente porque a dinâmica de marido e mulher entre o Tommy e a Tuppence é muito legal, especialmente porque nessa época eles já são maduros. Na verdade todos os livros com eles são legais! Mas eu li recentemente um outro, com uma personagem chamada Bundle, "O mistério dos sete relógios", que é um dos melhores da Agatha que li até hoje!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://galaxiadeideias.com
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Oii, tudo bem? Sua resenha ficou linda! É a primeira que leio sobre o título e confesso que fiquei bem curiosa com a premissa. Já li alguns livros da Agatha e sou apaixonada. Com certeza darei uma chance a esse também ;D

    Beijos!

    ResponderEliminar
  10. Oi Danny, tudo bem?
    Eu nunca li nada da Agatha Christie e não sou seu fã, mas amo suspenses e tenho logo que ler algo dela. Essa é a primeira resenha que vejo falando desses dois personagens, não os conhecia e pelo que você falou, não sei se quero conhecê-los, haha;

    ResponderEliminar
  11. Oi, preciso dizer que nunca li nada da Agatha Christie, mas sou bem curiosa para ler alguma obra dela e não sei se essa pelo que você falou seria uma escolha apropriada para eu começar. Mas a capa é linda, eu gosto bastante de como a coleção segue o padrão fazendo com que se torne bem harmônico!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderEliminar
  12. Olá,

    Sua resenha me deixou instigada para conhecer esse livro, principalmente por se tratar de traição, espionagem e tendo como cenário uma guerra, algo que por si só já é tenso. Nunca li nada da autora, mas quero muito mudar isso logo, e no momento o que mais estou lendo é suspense/mistério, então acho que a dica veio em excelente hora.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  13. Oi.
    Eu adoro os livros da autora.
    Minha mãe tinha uma coleção dos livros dela, e eu li quando era bem novinha, mas a maior parte da coleção acabou se perdendo em meio a mudanças.
    Não li nenhum livro com o Tommy e a Tuppence como protagonistas e fiquei curiosa para ler agora.
    Adorei a resenha.
    Beijos.

    ResponderEliminar